“…e o Espírito de Deus pairava sobre as águas”. Gn 1,2

Há palavras que instigam nossa imaginação. Pairar é uma delas. Merahepet cuja raiz da palavra é rhp, possui três possibilidades de tradução. Primeiro, pairar no ar de modo ativo e suave, em um movimento sempre direcional, como fazem o beija-flor e o helicóptero. O segundo significado é tremer como uma tenra folha ao toque de uma brisa, ou mesmo tiritar de calafrio como sentiu Jeremias – “…todos os meus ossos estremeceram…” 23.9. A terceira possibilidade de tradução é chocar como um pássaro sobre os ovos, conforme descreve Deuteronômio 32:11 “como a águia que vigia a sua ninhada, choca sobre seus pequenos filhotes…”.Todos esses três sentidos levam ao aprofundamento do uso merahefet em Gênesis 1,2: “E o Espírito de Deus pairava, temia, chocava sobre a face das águas”. Não resta duvida de que esse é um quadro formidável para descrever a atividade Deus, especialmente no relato do verbo merahefet é o ruah, espírito, sopro de Deus, que trouxe à terra as existência, bem como o sol, a lua, os animais, os seres humanos. Assim, gênesis 1,2 leva-nos a compreender que o Espírito de Deus pairava de modo suave e ativo para chocar, isto é, trazer vida ao mundo.

Rev. Prof. Tércio Machado Siqueira

Anúncios