(Lucas 15:12) – …Pai, dê-me minha parte na herança que me cabe.”

Ainda não me cansei de escrever, boa parte dos textos, de forma explicita um protesto às práticas religiosas coladas à manipulação. E nãoé difícil entender o motivo.

Eles enganam meu povo dizendo que tudo vai bem quando nada vai bem. Pretendem esconder as rachaduras na parede com uma mão de cal…” (Ezequiel 13:10)

Pois bem, a proposta da parábola mais conhecida do evangelho de Lucas foi direcionada aos fariseus e escribas. Havia uma aparente animosidade entre a pessoa de Jesus e os fariseus. O procedimento deles era reprovável. “Fazem todas as suas orações para se fazer notar pelos homens. Assim, alargam suas filactérias (tefilin) e alongam as franjas (tsitsith). No entanto, os fariseus instigavam: “Olha, os teus discípulos estão fazendo o que não é permitido no sábado”. (Mt. 23.5; Lc. 14 – 16 ). E havia, também, uma crítica escandalosa entre eles porque Jesus não fazia distinção de pessoas. Ele relacionava-se com os publicanos e comia com pecadores, e os fariseus não aceitavam esse tipo de comportamento.

Por outro lado, Jesus também confronta essas atitudes com vigor. Veja por exemplo, Mateus 15:3 “Respondeu Jesus: E por que vocês transgridem o mandamento de Deus por causa da tradição de vocês?”Ora, os fariseus valorizavam à Lei de Moisés, os profetas e apreciavam as tradições dos Judeus. Neste ponto, é interessante citar o texto de Ezequiel capitulo 8 quando menciona algumas práticas dos antepassados (Ezequiel 8:3) – E estendeu a forma de uma mão, e tomou-me pelos cabelos da minha cabeça; e o Espírito me levantou entre a terra e o céu, e levou-me a Jerusalém em visões de Deus, até à entrada da porta do pátio de dentro, que olha para o norte, onde estava o assento da imagem do ciúmes, que provoca ciúmes.(grifo meu) O culto judaico fazia parte dos sacrifícios; assim como a intermináveis orações, ou seja, o uso das palavras sozinhas.Quando o templo de Jerusalém foi destruído pela primeira vez, segundo Alfred J. Kolatch, deixaram de realizar os cultos nas sinagogas por cerca de 70 anos, até que o Templo fosse novamente reconstruído.

As cidades sagradas – o solo, a tradição são sacralizados do principio ao fim, até não mais corresponder às expectativas humanas.

Nesta parábola ele fala de um homem que possuia dois filhos: o mais novo disse ao pai: “Pai, me dá a parte da herança que me cabe” – Era costume os pais sustentarem os filhos. O patrimônio do pai não estava, entretanto, à conveniência de seus filhos – (isto é.) por direito a propriedade somente com a morte do pai. Mesmo assim, ao mesmo tempo, o pai repartiu, também, para o filho mais velho. Ambos estavam com sua parte dos bens. (Se um dos filhos não quer viver na mesma casa, os pais concediam alguns donativos aos seus filhos.) A proposta do amor de Deus é liberdade. Como disse Henri Nouwen: “Aqui o mistério da vida é revelado. Sou amado a tal ponto que tenho liberdade para abandonar a casa.A benção existe desde o princípio. Deixei e deixo o lar muitas vezes, mas o Pai está sempre me buscandocom braços estendidos para me receberde volta e de novo sussurrar aos meus ouvidos:‘Tué o meu Amado, sobre ti ponho todo meu carinho’”.

Todavia não se trata de direito patrimonial, pois não era a questão. E sim, a relação de um pai que ama seus filhos, mesmo que estes não correspondam seu amor, deseja o reencontro do filho arrependido e receba sua Graça e Misericórdia. Por outro lado, o filho mais velho representa todos aqueles que se escandalizam com o amor do pai. Ele continua dizendo… “Seu irmão estava morto e tornou a viver; ele estava perdido e foi encontrado!” por que? “..a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome; (João 1:12) E isto não depende de status – da condição ou posição social.

– E a herança? esta, foi entregue por Jesus na cruz!… (Jo 3:16) é imensurável e um patrimônio incalculável…

Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo.(Efésios 1:3)

Anúncios