Observo e escuto rumores de um tempo de insatisfação, aliada a uma tentativa de estabelecer valores às pessoas e definir o tempo de cada movimento e época.

Cada um possui suas pequenas coisas, seus espaços, seus lugares. Enfim, cada um possui uma maneira de viver e conquistar o mundo ao seu redor, embora nem sempre sejamos bem sucedidos. Às vezes “casos” desagradáveis ocorrem; aflições, tentações, surpresas emergenciais. E não sabemos exatamente explicar como e por que esses “eventos” simplesmente dissiparam-se ou foram totalmente resolvidos. Há somente uma resposta para essa pergunta. Meus queridos amigos, “Na tua memória está o desejo da nossa alma” diz o profeta. (Isaías 26.8)

Deus age no mundo. Deus transforma o deserto em Éden. “Sopra no jardim, espalha os seus aromas”, estejam certos disso. Por isso…

“Uma coisa pedi ao Senhor, é o que procuro: que eu possa viver na casa do Senhor todos os dias da minha vida, para contemplar a bondade do Senhor e buscar sua orientação no seu templo. Pois no dia da adversidade ele me guardará protegido em sua habitação; no seu tabernáculo me esconderá e me porá em segurança sobre um rochedo. Então triunfarei sobre os inimigos que me cercam. Em seu tabernáculo oferecerei sacrifícios com aclamações; cantarei e louvarei ao Senhor. Ouve a minha voz quando clamo, ó Senhor; tem misericórdia de mim e responde-me. A teu respeito diz o meu coração: “Busque a minha face! “ A tua face, Senhor, buscarei.”
(Salmos 27:4-8)

Há somente uma resposta para essa pergunta. A resposta é Deus. É preciso compreender desde logo que os nossos recursos são exauríveis, qualquer um deles. A bondade do Senhor, não. Nesse tempo tenebroso, precisamos recorrer à fé, analisar tudo que aconteceu até aqui e, prontamente, reconhecer que somos gratos ao Senhor. Afinal, conhecê-lo é um grande privilégio! Perceber o seu agir melhor ainda. “Porque, quanto ao Senhor, seus olhos passam por toda a terra, para mostrar-se forte e favor daqueles cujo coração é perfeito para com ele. (2 Coríntios 16.9) Sendo assim, em tempo, qualquer atitude nossa em direção a Deus com gratidão é um ato de adoração. (O grifo é meu)

Que a graça seja multiplicada.

Chagas

Anúncios